Treinamento Funcional para corrida: Como ela muda seus resultados?

3 minutos para ler

Desenvolver seu esporte preferido não é uma tarefa fácil, não é mesmo? Porém, existe uma lógica clara em cima disso. Vejamos: para melhorar o desempenho na corrida, precisamos correr, certo? Sem dúvida! Mas será que é só isso? Não. É nessa hora que o Treinamento Funcional para corrida entra em ação.

Na busca pelo melhor resultado e prevenção de lesões, os corredores devem buscar uma integração entre diferentes tipos de treino. E nessa união, um dos principais treinos complementares é o fortalecimento voltado a corredores.

Por que o treinamento funcional para corrida é tão importante?

 

O treinamento funcional para corrida é composto por movimentos específicos voltados ao objetivo e rotina do corredor. Ele busca criar uma sinergia entre todas as partes do corpo, através do desenvolvimento de capacidades físicas como força, resistência, equilíbrio, coordenação, dentre outros.

No caso de um corredor, o foco é o movimento da corrida. Dessa forma, os exercícios funcionais devem contemplar movimentos chamados globais, que tem como característica a participação do corpo todo simultaneamente. Afinal, quando você corre, é isso que acontece, não é mesmo?

Outro ponto importante: para correr melhor, é necessário fortalecer o corpo inteiro, e não apenas membros inferiores. A parte superior do corpo auxilia tanto no impulso, contribuindo na projeção do corpo à frente, quanto na estabilização do trono, melhorando sua postura na corrida.

 

Fortalecimento do core: Por que todo corredor deve fazer?

 

Além disso, hoje em dia se fala muito do fortalecimento do core, que é a região composta por abdômen e lombar. Ela é de extrema importância para o corredor, pois ajuda na economia de corrida, que é a capacidade do corpo de desempenhar melhor, porém com menos esforço e gasto de energia

Existem diversos exercícios funcionais que são de fácil execução, tanto para corredores iniciantes quanto os mais experientes. Uma das características mais marcantes do treinamento funcional para corrida são exercícios com o peso do próprio corpo, que não exigem nenhum equipamento ou acessório.

Agachamentos, afundos, flexões de braços, abdominais… são várias as opções, todas excelentes! A quantidade de séries e repetições vai depender do objetivo do corredor e também do período de treinamento.

O ideal é fazer o treinamento funcional para corrida em dias alternados aos de corrida, ou nos dias de corrida leve/ regenerativa, para evitar uma sobrecarga excessiva. Lembrando que a orientação de um educador físico é fundamental, para evitar lesões e proporcionar um treino ideal para cada nível e fase que o corredor se encontra.

Gostou da matéria? Confira essas e outras informações em nosso blog e site da Runplace!

Você também pode gostar

2 thoughts on “Treinamento Funcional para corrida: Como ela muda seus resultados?

Deixe um comentário