10 alimentos para corredores que fazem diferença

alimentos para corredores
5 minutos para ler

Qualquer evolução consistente de um treinamento de corrida passa também pela escolha dos melhores alimentos para corredores. E nessas decisões de cardápio, é muito importante avaliar como ajustar sua rotina para extrair os melhores resultados. Carboidratos? Proteínas? Gorduras saturadas e insaturadas? Quando, como e porque usar? É o que você vai descobrir a partir de agora.

Treinamento não é matemática. E como tal, nunca teremos a fórmula mágica do que funciona 100% ou não. Isso quer dizer que, para que possa explorar ao máximo seu rendimento, não basta apenas fazer bons treinos. Descansar adequadamente, e ter uma alimentação voltada à necessidade de um corredor fará grande diferença, e pode ser um divisor de águas nos resultados, principalmente entre corredores mais experientes.

É muito comum corredores relatarem falta de energia para correr. Alguns acreditam ser falta de fortalecimento. Outros, que o treino foi forte, ou mesmo reflexo de uma noite mal dormida. É claro que todos esses fatores impactam, mas nessa busca por criar um ambiente perfeito para sua rotina de treinos, muitos esquecem de testar estratégias alimentares.

Existem diferenças fundamentais de necessidades energéticas para cada perfil ou distância. Um corredor que corre todo dia, por exemplo, tem uma necessidade alimentar completamente diferente de alguém que treina com foco em corridas de 5km 3 vezes por semana. Pessoas que suam muito também tem uma exigência de água maior em comparação a outras. Quem treina de manhã deve se alimentar diferente de quem treina a noite.

Viu como ter uma estratégia alimentar não é fácil?

E para ajudar nessa busca pelo melhor alimento para cada etapa, separamos 10 alimentos para corredores que farão diferença.

Alimentos para corredores: Qual recupera melhor o organismo?

Essa lista é para aqueles corredores que tem uma rotina muito agitada após o treino, e precisam criar um ambiente ideal de recuperação. Nesse momento, estar atento à alimentação pós-treino fará toda diferença. Principalmente para a sessão seguinte, pois é nessa hora que o corpo estará mais receptivo para aproveitar todos os nutrientes consumidos.

Beterraba – Usada como pré-treino, é rico em nitrato, que ajuda no rendimento e otimiza o uso do oxigênio.  Essa função ajuda tanto durante quanto no pós-treino, pois promove mais nutrientes para a recuperação dos músculos. Em função de sua capacidade vasodilatadora, a beterraba ajuda num transporte mais eficiente e terá um papel muito importante para a recuperação do corredor;

Água de Coco – Já é bem popular entre corredores mais experientes. Rica em potássio, cloreto e outras vitaminas,  contem diversas substâncias antioxidantes, o que faz toda diferença na recuperação do organismo;

Salmão – Pensando numa refeição macro pós-treino, ele possui ômega 3 e vitaminas D e K, que possuem ação anti- inflamatória, muito importante após treinos extenuantes. Contem também excelentes gorduras insaturadas;

Alimentos com resveratrol – Um dos maiores amigos do corredor quando falamos de recuperação física e muscular. O resveratrol é encontrado em nozes, uvas e algumas plantas. Os principais benefícios para os corredores são suas funções antioxidantes e anti- inflamatórias, ajudando a eliminar substâncias que prologam o cansaço e à fadiga pós-treino;

Imunidade e maior saúde do corpo dos corredores

É muito comum ver pessoas que se exercitam estarem sempre gripadas.  Mas não deveria ser assim. A queda do sistema imunológico é decorrente de uma recuperação inadequada, ou acúmulo de fadiga.  Separamos 3 alimentos para corredores que ajudarão o corpo a ficar mais resistente.

Abacate – Poucas pessoas sabem dos benefícios do abacate para corredores. Ele é um poderoso antioxidante e rico em gordura monoinsaturada, que ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e fortalece o sistema imunológico;

Gengibre – O gengibre é muito conhecido por ter ação termogênica, mas ele também auxilia de forma significativa no reforço do sistema imunológico e ação anti-inflamatória;

Aveia – Rica em fibras, é forte fonte de potássio e ômega 3, que ajudam no colesterol e redução de problemas cardiovasculares;

Energia e força para o corpo no treino de corrida

Você pode ter o melhor carro, mas sem gasolina ele não anda, correto? Ter energia para treinar com mais eficiência é um dos pontos mais importantes de sua rotina. Vamos conferir?

Banana – Um dos alimentos preferidos entre corredores, tem alta concentração de carboidratos de rápida absorção, e substâncias que diminuem a inflamação do corpo, decorrente do treino;

Quinua – Um dos alimentos que mais tem ganhado adeptos. A quinua contem flavonoides, que ajudam no combate aos radicais livres e degradação celular;

Chia – É uma das maiores fontes de ácidos graxos, que ajudam a manter o nível de cortisol, assim como impacta numa dificuldade de recuperação e aumento de stress;

Batata- Doce – Tem como principal vantagem carboidratos de baixo índice glicêmico, o que é muito interessante para corridas de longa duração. Além disso, é rica em radicais livres;

Viu como existem diversos alimentos para corredores que impactam na performance? Você costuma consumir algum deles? Conta pra gente! Bora falar de corrida e conheça mais da Runplace!

Você também pode gostar