Conheça as melhores dietas para corredores

Veja quais as melhores dietas para corredores
4 minutos para ler

Dificilmente você não conhece a importância de uma alimentação saudável em sua rotina, não é mesmo. A busca do equilíbrio na ingestão de carboidratos, proteínas, gorduras e vitaminas é constante. Isso porque ajuda tanto na performance esportiva quanto no controle de peso e até de doenças. Por isso, destacamos para você as melhores dietas para corredores. Confira agora!

Combustível. Em outras palavras, podemos falar que a alimentação é o que dá energia para treinarmos e executar as atividades do dia a dia. Mas você ainda tem muitas dúvidas sobre o que comer? Então, está no lugar certo, pois vamos começar a detalhar o tema a partir de agora.

Mesmo entre atletas experientes, é fácil encontrar dietas que não correspondem às necessidades específicas. Pesquisas como a da Revista Brasileira de Medicina do Esporte, por exemplo, indicam uma alimentação irregular em cerca de 33% dos corredores de rua. Isso quer dizer que 1 em cada 3 corredores precisa rever seus hábitos alimentares.

A importância da alimentação

Um consumo energético adequado e bem alinhado com as necessidades nutricionais é indispensável para manter a saúde e a performance do corredor de rua, mesmo entre iniciantes.

Quando não há ingestão correta de energia, existe o comprometimento de funções essenciais do organismo como:

•Renovação de tecidos;

•Metabolização de energia;

•Sistema antioxidante;

• Resposta imunológica.

Isso pode levar ao enfraquecimento do corpo no dia a dia, além de doenças e lesões. Em outras palavras: nada de achar que basta treinar certinho para chegar lá.

Dieta de carboidrato

Apesar de diversos nutricionistas trabalharem com estratégias restritivas, é quase um consenso que o carboidrato tem um papel fundamental quando falamos de dietas para corredores. Porém, é cada vez maior o número de corredores testando novas estratégias, como a corrida em jejum, por exemplo.

Não se pode esquecer que o organismo necessita do carboidrato para manter as taxas glicêmicas reguladas, tanto durante as atividades quanto na fase de recuperação após a corrida. Dietas restritivas podem ajudar em momentos específicos da preparação de um corredor, mas não podem ser a base de orientação.

Dietas para corredores: A proteína

Quando praticamos exercícios, as células do corpo são consumidas para gerar energia. Esse processo resulta em dores normais após atividades físicas. É a fase da recuperação do corpo, que pode acontecer através de descanso ou treinos leves, como uma corrida leve, por exemplo.

Para que todo esse processo aconteça, essa regeneração de tecidos precisa da proteína para acontecer. Em geral, a quantidade recomendada para o consumo diário de proteína é um peso que fique na faixa entre 1,2 e 1,7 gramas por quilo corporal do atleta. Isso dependerá muito da rotina. Se você tem um dia fisicamente exigente, o melhor é ficar na faixa maior de consumo, por exemplo.

A proteína pode ser encontrada de maneira rica em carnes, queijos, feijões, ervilhas e iogurtes.

Lembre-se que cada alimento apresenta quantidades distintas de proteína. Assim, se você precisa ingerir 100 gramas de proteína, terá de comer cerca de 300 gramas de carne bovina para alcança essa quantidade.

Vitaminas e minerais e seu papel nas dietas para corredores

Dois outros elementos essenciais para o organismo durante as atividades físicas. As vitaminas e minerais também fazem parte do processo que regula e ajuste o organismo. Isso facilita que todos os sistemas do corpo funcionem em harmonia

Dessa forma, uma boa ingestão delas é fundamental. De forma geral as vitaminas e minerais são encontrados em frutas, legumes e verduras.

Um bom exemplo é o potássio, um dos elementos mais exigidos em corridas, principalmente de longa duração, como uma maratona, por exemplo. Ela está presente em grande quantidade em bananas, batata doce e peixes.

Viu como saber as dietas para corredores mais indicadas pode fazer toda diferença e mudar a forma como planeja sua alimentação e treinos? E você, costuma se preocupar com o que come para correr? Compartilhe com a gente

Você também pode gostar

Deixe um comentário